ARTIGO

MANTENDO OS BONS PROFISSIONAIS DE SUA EQUIPE

Autor(a):
Odilon Cunha Junior

Publicação:

Hoje, sabe-se que as empresas, além das tradicionais atividades, possuem um papel mais crítico: a percepção e a manutenção de bons profissionais em sua equipe.

Demito-me. Todos os empresários já ouviram esta frase e, invariavelmente, reagiram com apreensão, mesmo que momentânea. Especialmente quando as pessoas que a dizem são importantes para sua equipe.

Primeiramente, “importante” não se refere apenas àqueles colaboradores que têm o melhor desempenho, mas sim às pessoas necessárias que realizam o trabalho e mantém o sucesso de sua empresa ou setor.

Diante disso, fica notória a abrangência e a complexidade deste assunto, pois, na maioria das vezes, não se percebe a importância de alguns colaboradores devido às características de suas atividades, por exemplo, o setor de limpeza. Entretanto, anterior a percepção destes colaboradores nota-se a necessidade de entender o que mantém o colaborador na empresa.

Para manter na empresa os principais talentos não basta apenas oferecer inúmeros benefícios ou plano de carreira salarial, mas sim perceber, inicialmente, os fatores que estimulam as pessoas a trabalharem em dada equipe. Para tanto, a utilização de instrumentos, como entrevistas, estruturará esta investigação que servirá como ferramenta para aprimorar os pontos positivos e solucionar possíveis pontos negativos que permeiam o funcionamento da organização.

Através da análise das respostas dos colaboradores pode-se elaborar um plano de ação com o intuito de proporcionar melhorias no ambiente de trabalho, demonstrando interesse em ouvi-los e notá-los, pois é deles que a empresa depende para alcançar as cotas desejadas.

Outro fator importante e já citado é a possibilidade do desenvolvimento de carreira, pois é vital manter os colaboradores numa trajetória contínua de crescimento, desenvolvendo e agregando novas aptidões, com o objetivo de conservar a vantagem competitiva da empresa. Para tanto, deve-se incentivá-los a descobrir falhas e capacitá-los na formação de alianças e relacionamentos que propiciem a realização do trabalho e, por fim o alcance das metas. Qualquer empresa que despreza o envolvimento das pessoas não pode ter a expectativa de conservar seus colaboradores.

O respeito às idéias dos colaboradores demonstra a habilidade de saber ouvir as questões levantadas, ou seja, saber dar e receber feedbacks . Muitas vezes, é neste momento que deflagra a rigidez das pessoas em saber OUVIR. Explicando, diante de uma crítica construtiva e elaborada algumas pessoas energizam questões pessoais, enquanto na verdade o que foi levantado foram aspectos profissionais e situacionais com o objetivo de aprimoramento do trabalho. Neste contexto, o relacionamento interpessoal é questão primordial, pois as equipes precisam estar trabalhando em harmonia.

A harmonia entre colaboradores incentiva-os no desenvolvimento de projetos que poderão enriquecer a organização, pois a qualidade nos serviços ou produto depende, intimamente, do clima no ambiente de trabalho. A qualidade no ambiente de trabalho propicia o enriquecimento da função, valorizando o trabalho de qualidade, promovendo o estabelecimento e o cumprimento de metas pessoais e do grupo e também permite que os colaboradores testemunhem sua contribuição a um produto ou serviço, bem como os desafia a criar e expandir seus conhecimentos e habilidades.

Gostaria de conversar com você a respeito de minha carreira…

Valorizar as pessoas com aptidões excepcionais que dominam suas atuais funções e desejam outra oportunidade não é uma tarefa fácil, pois requer alto grau de percepção e de ação em metas. Ajudar os colaboradores a cumprir suas metas muita vezes significa considerar mudanças que eles poderiam não ter considerado anteriormente. Para tanto, deve ser esclarecida a equipe que promoções estão sempre ligadas a mudanças e oportunidades iminentes, ou seja, clarificar que conhecimento técnico e discernimento político contribuem nitidamente para se conseguir uma promoção. Enfim, deve-se também, dar orientação contínua para o cumprimento das metas de promoção na carreia.

Vale ressaltar que uma promoção pode ser disfuncional se não houver a adequação do cargo com o colaborador, pois a responsabilidade será aumentada conforme a ampliação das possibilidades. Por isso, a adequação é imprescindível, tanto em uma promoção como, logicamente, em uma contratação. Perceber pessoas certas para funções certas na equipe possibilita um aumento substancial no que se refere à realização pessoal e profissional dos integrantes da organização, pois a conquista do mercado depende muito da satisfação com o trabalho realizado.

Outro ponto importante para satisfação pessoal e profissional é o fato do colaborador sentir-se participante na organização, ou seja, valorizado e, principalmente informado sobre a empresa. Neste ponto deve-se atentar a duas situações: o interesse pessoal e o interesse da empresa. Se o colaborador não estiver envolvido nas questões da empresa, ou há uma falha no processo de comunicação, ou há desinteresse do próprio colaborador. Esta análise tem que ser bem feita, porque uma falha na comunicação da empresa pode ocasionar desinteresse contínuo do colaborador, entretanto se este nunca procurou estar por dentro pode-se tentar identificar qual é o motivo e a partir deste levantamento, para que sim se elaborem programas que visem motivar e o envolver os colaboradores com a instituição. Manter a equipe atualizada e integrada é propiciar crescimento incondicional, desde as metas financeiras até as sociais, ou seja, é construir uma organização que se preocupa e se mostra responsável com seu maior capital: as pessoas.

1 Realimentação. Termo utilizado no meio empresarial quando se reporta a capacidade das pessoas em ouvir e dar respostas, negativas ou positivas, sobre alguma situação ou trabalho realizado, com o intuito de realimentar o processo de acordo com os objetivos deste.